DIAGNÓSTICO POR IMAGEM NO TRATAMENTO CLÍNICO CIRÚRGICO DO COLAPSO DE TRAQUEIA: REVISÃO DE LITERATURA – IBvet

MARIANA OLIVEIRA GUIMARÃES

Monografia apresentada para conclusão do Curso de Especialização Lato Sensu em Diagnóstico por Imagem em Pequenos Animais pelo Centro Universitário de Jaguariúna em convênio com o Instituto Brasileiro de Veterinária – IBVET, sob a orientação da Professora Denise de Oliveira Guimarães, Jaguariúna, 2020.

RESUMO

O colapso de traqueia é uma causa comum de distúrbio respiratório em cães de pequeno porte. Yorkshires Terrier, Pugs, Poodle Toys e Lulus da Pomerânia são raças que apresentam predisposição à doença. A causa exata da doença ainda é desconhecida, porém acredita-se que é devido a um fator genético que leva ao enfraquecimento da cartilagem hialina. Fatores como obesidade, doenças cardíacas e alérgenos podem levar ou exacerbar o quadro de colapso traqueal. Há tratamento clínico para cães que possuem até 50% do lúmen reduzido e para pacientes que não respondem ao tratamento medicamentoso ou que possuem mais de 50% do lúmen obliterado há técnicas de correção cirúrgicas que podem ser aplicadas. O diagnóstico é realizado através de exames de imagem como traqueoscopia, raio X e ultrassom. Este trabalho teve como objetivo a revisão de literatura sobre o diagnóstico por imagem do colapso de traqueia, ressaltando a importância dos mesmos.

Palavras-chave: colapso traqueal, raio X, tosse, traqueoscopia, ultrassom.

Para ler o artigo na íntegra faça seu login

Acesso GRATUITO, mas restrito!

Para liberar você precisa se identificar ou cadastrar usando o formulário abaixo.


Já possuo cadastro
 

Quero criar/renovar o cadastro